Calor extremo? Saiba como manter a sua casa fresca!

As altas temperaturas não estão a dar tréguas e saber como manter a casa fresca é essencial para fazer uma boa gestão energética e para conseguir fugir ao calor abrasador que assola todo o país.

Para além disso, se a sua casa é também o seu local de trabalho, saiba que a temperatura alta pode influenciar diretamente os seus níveis de fadiga e, consequentemente, de produtividade.

Neste artigo, vamos dar-lhe algumas pistas sobre como manter a casa fresca através de ações muito simples, mas que podem fazer toda a diferença.

Como manter a casa fresca em 9 ações simples

1. Bloquear a entrada da luz solar
O primeiro passo para refrescar a casa é bloquear por completo a entrada de luz. Por muito tentador que possa ser deixar entrar os primeiros raios de luz pela manhã, é importante ter em mente que luz é sinónimo de calor.

Quanto mais luz solar entrar em sua casa, mais a temperatura vai subir e mais difícil será arrefecer o espaço. Por isso, mantenha todas as cortinas fechadas, especialmente as das janelas viradas para este (E) ou nordeste (NE).

A escolha dos tecidos das cortinas também é um aspeto importante. Opte por tecidos grossos, capazes de bloquear por completo a luz solar, e exclua da equação as cortinas mais finas ou com transparências.

2. Vedar todas as frinchas existentes
Manter a casa fresca passa também por resistir à tentação de deixar a janela ligeiramente aberta para que corra uma brisa. Isto porque, na grande maioria das vezes, o ar que entra é muito quente e em nada contribui para refrescar a casa.

Garanta que todas as janelas se mantêm fechadas durante o dia e tente também vedar todas as frinchas que potenciem a entrada de ar quente do exterior.

3. Arejar a casa apenas nas horas de menor calor
Com isto, não estamos a dizer que não deve arejar a sua casa. Pode e deve! Contudo, faça-o nas horas de menos calor. Dê preferência ao período da manhã (antes do sol nascer) ou ao da noite.

4. Isolar termicamente a casa
O isolamento térmico é a principal resposta à eterna questão de como manter a casa fresca no verão e quente no inverno. Isolar termicamente uma casa é naturalmente importante para reter o máximo de calor possível no inverno, mas também para manter o espaço fresco durante os meses mais quentes.

E saiba que a escolha dos materiais utilizados é um dos aspetos que mais peso tem no controlo térmico do espaço. Por isso, se estiver a considerar fazer uma renovação, estude a fundo quais são as melhores opções em termos de materiais.

5. Aplicar película anti-UV nos vidros das janelas
É perfeitamente legítimo perguntar: “como manter a casa fresca se não está nos meus planos fazer obras de renovação para melhorar o isolamento térmico?”. Toda a gente sabe que esse é um projeto que pode ser bem dispendioso.

Mas mesmo que o seu orçamento seja reduzido, é sempre possível fazer pequenas melhorias que, em conjunto, podem fazer a diferença. Uma das dicas que lhe deixamos é recorrer a películas de isolamento térmico para os vidros de janelas. Estas películas são uma solução de baixo custo e de fácil instalação que bloqueiam o calor excessivo e permitem uma regulação harmoniosa da temperatura.

6. Não utilizar eletrodomésticos que libertem calor
Evite também utilizar eletrodomésticos que libertem demasiado calor e que contribuam para aumentar a temperatura da sua casa. Falamos, por exemplo, do forno da cozinha ou do ferro de engomar.

Assim, em vez de cozinhar um assado, opte por servir uma salada fria e se tiver muita roupa para tratar, considere dobrá-la em vez de a engomar.

7. Apostar em cores claras
Saber como manter a casa fresca pode ser ainda mais importante se viver numa zona do país mais propensa a altas temperaturas (centro ou sul tendencialmente). Se for esse o seu caso, considere pintar o exterior e interior da sua casa com cores bastante claras.

Cores como o branco ou o bege, para além de ajudarem o espaço a parecer mais amplo e airoso, são importantes para absorver menos luz e para refrescar a casa.

Em contraste, as cores mais escuras retêm mais calor e contribuem para o aumento da temperatura das paredes.

8. Usar e abusar das plantas
As plantas de interior, para além de cumprirem um propósito decorativo, têm ainda uma função utilitária muito importante no que diz respeito à purificação do ar no interior de um imóvel.

O que muitos não sabem é que recorrer à utilização de plantas (no interior e exterior) é uma dica fundamental para manter a casa fresca durante mais tempo.

Enquanto que as plantas de interior ajudam a humedecer o ar, as árvores e arbustos do exterior vão criar a sombra necessária para proteger a sua casa do sol nas horas de maior calor. Por isso, vale sempre a pena investir algum tempo a refletir no tipo de vegetação que quer ter ao seu redor.

E convém não esquecer que as plantas trepadeiras também são uma boa opção para bloquear os raios de sol e para criar espaços com sombra.

Naturalmente que esta é uma dica que não vai surtir efeito a curto prazo, mas na qual vale sempre a pena começar a pensar.

9. Faça um uso inteligente do sistema de refrigeração
Por fim, não se esqueça de fazer uma correta utilização do seu sistema de refrigeração. Em vez de ligar o ar condicionado apenas nas horas de maior calor, porque não recorrer a um termostato e manter a temperatura constante ao longo de todo o dia? Para além de harmonizar a temperatura interior do imóvel, isto vai traduzir-se numa poupança de energia significativa.

Junte-se à discussão

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Compare listings

Comparar